Páginas

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

A mudanças na CNH



Além de unificar carteira de trabalho, PIS/Pasep, certificado de reservista e título de eleitor no número do CPF, o governo também planeja ampliar a validade da CNH de cinco para dez anos de validade. Bolsonaro disse que o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, vai anunciar essa e outras novidades para o trânsito, como o fim da obrigatoriedade de aulas com simulador, a “questão do emplacamento” e a revisão ou extinção de “medidas que afetam o caminhoneiro”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário