Páginas

terça-feira, 19 de novembro de 2019

Barueiri/SP - Polícia apura câmeras em busca de suspeito de matar moradores de rua

Moradores de rua morreram após tomar bebida

Moradores de rua morreram após tomar bebida

Divulgação/Polícia Militar
A Polícia Civil vai apurar imagens de câmeras de segurança para saber a origem da bebida possivelmente envenenada que atingiu nove pessoas na manhã do último sábado (16), no centro de Barueri (Grande São Paulo). Das vítimas que ingeriram o líquido, maioria moradora de rua, quatro morreram e outras cinco seguem hospitalizadas. Uma das vítimas, o soldador Vinícius Salles Cardoso, 31 anos, teria dito que pegou a garrafa com a bebida suspeita na noite de sexta-feira (15), na região da Cracolândia, no centro de São Paulo. Ele teria levado a bebida por cerca de 25 km de onde pegou para compartilhar com amigos na manhã do dia seguinte. Exames do Instituto de Criminalística ainda devem apontar o conteúdo que estava na garrafa e se, de fato, foi colocado veneno no líquido. As investigações da Polícia Civil de Barueri devem apurar imagens da região central de São Paulo e buscar também as câmeras da região central de Barueri, para ver o momento que eles tomaram e constatar se a informação de Vinícius sobre a origem da bebida procede. Conforme a apuração até o momento, a bebida foi compartilhada por várias pessoas que costumam ficar nas ruas do centro de Barueri guardando carros em troca de moedas, além de pedir dinheiro e alimentos para os frequentadores de comércios na região. Por volta das 8h30, a GCM (Guarda Civil Municipal) foi acionada com a informação de que sete homens e uma mulher estavam passando mal. Quando o socorro chegou, três vítimas foram levadas por uma ambulância, duas pela equipe de Resgate Municipal, uma pelo Corpo de Bombeiros e outras duas pela GCM (Guarda Civil Municipal). Das oito vítimas atendidas inicialmente, três morreram no local — identificados como Luiz Pereira da Silva, 49 anos, Marlon Alves Gonçalves, 39 anos, e Denis da Silva Oliveira, 33 anos — e uma — Edson Sampaio da Silva, 40 anos — foi atendida em casa e morreu no hospital. Outras quatro vítimas, Renilton Ribeiro Freitas, 43 anos, Silvia Helena Euripes, 54 anos, Sidnei Ferreira de Araújo Leme, 38 anos, e o Vinícius, foram levadas para o Pronto Socorro Municipal ainda na manhã de sábado. No início da noite, Paulo Cezar Pedro, 41 anos, também foi socorrido no centro do município e deu entrada no PS com os mesmos sintomas, além de machucados pelo corpo. Posteriormente, todos eles foram transferidos para o Hospital Municipal de Barueri Doutor Francisco Moran, onde seguem internados. Segundo a Prefeitura de Barueri, os cinco estão “em estado regular e estável, recebendo toda a assistência necessária”.
Fonte/créditos - Kaique Dalapola, do R7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário