Páginas

quinta-feira, 13 de maio de 2021

Curitiba - Condenação a 50 anos de prisão do homem acusado de matar a menina e esconder o corpo dela dentro de uma mala

Carlos Eduardo dos Santos foi condenado pela morte da menina Rachel Genofre — Foto: Reprodução/RPC

A mãe de Rachel Genofre, Maria Cristina Lobo, disse que sentiu "um pouco de alento" após a condenação a 50 anos de prisão do homem acusado de matar a menina e esconder o corpo dela dentro de uma mala. O crime aconteceu em 2008. Carlos Eduardo dos Santos foi condenado na noite de quarta-feira (12) pelo Tribunal do Júri de Curitiba por homicídio triplamente qualificado mediante meio cruel, asfixia e ocultação do corpo e por atentado violento ao pudor. Rachel foi encontrada morta em novembro de 2008. O corpo foi achado com sinais de violência sexual dentro de uma mala na Rodoferroviária de Curitiba. Carlos Eduardo foi identificado por um exame de DNA 11 anos após o crime. (Fonte/mais delalhes - Por RPC Curitiba e G1 PR)

Nenhum comentário:

Postar um comentário