Páginas

segunda-feira, 21 de março de 2022

Lunardelli - Termina em confusão a primeira rodada do Campeonato Amador Regional

A primeira rodada do Campeonato Regional Amador de Futebol realizada em Lunardelli no domingo (20) acabou em confusão.  Após o jogo entre o time da cidade e Apucarana, um atleta do time visitante foi tirar satisfação com um torcedor de Lunardelli, dizendo que ele o chamou de um palavrão. Houve um princípio de confusão e a Polícia Militar (PM), foi orientar os envolvidos, mas em meio à confusão, houve utilização de gás de pimenta, revoltou algumas pessoas, os quais alegavam que só tinha torcedores da cidade e havia mulheres e criança, não sendo necessário tal intervenção. O vereador de Lunardelli, Donizete Correia, mais conhecido como “Zetão”, tentou intervir, mas acabou detido, fato que gerou grande polêmica. Levado para o Destacamento, onde foi confeccionado termo circunstanciado e liberado. Alguns vídeos repercutiram nas redes sociais. Enquanto há acusações de abuso de autoridade, há também relatos de que houve desacato por parte de alguns torcedores. 

Boletim da Polícia Militar  - Conforme consta no boletim de ocorrência da Polícia Militar divulgado na manhã desta segunda-feira (21).  A equipe policial de Lunardelli composta por dois policiais, realizava policiamento no estádio, onde havia aproximadamente 600 pessoas. No termino do evento iniciou-se uma briga generalizada envolvendo torcedores e jogadores, quando a equipe ao tentar intervir para resolver a situação foi desacatada e ameaçada por alguns torcedores, que se aproveitaram da superioridade numérica, para tentar acuar a equipe policial. 

Ainda segundo a PM, no primeiro momento foi identificado que entre as pessoas que desrespeitavam a equipe policial, estavam um rapaz que além de xingar, arremessou um objeto em direção a equipe, vindo a acertar o braço direito de um policial e um vereador do município, que veio em direção a equipe policial dizendo prender bandido a polícia não presta, e mandando a equipe deixar o local, dizendo “quem vocês pensam que são, isso não vai ficar assim”. Foi pedido apoio e com a chegada do apoio foi dado voz de prisão ao vereador, que não foi acatado. Foi necessário o uso de força física e técnicas de contato, chutes, para afasta-lo do cinto de guarnição dos policiais. Durante a realização da prisão do vereador várias pessoas passaram a vir para cima das equipes policiais, sendo a todo momento verbalizado para que se afastassem do local e não foi acatado, causando perigo aos policiais. Para realizar o afastamento dos presentes que estavam desrespeitando o trabalho policial, foi necessário o uso seletivo e diferenciado da força. Sendo feito o uso de espargidor de pimenta, uso de bastões, uma granada de lacrimogênio, e uma grana GL-304, granada de efeito moral. Assim como empurrões. Foi possível identificar e realizar a prisão de três indivíduos, Posteriormente foi realizado a prisão de outro homem, que no momento da confusão, havia xingado e e arremessado um objeto não identificado na equipe policial. Os presos foram encaminhados para o destacamento policial de Lunardelli, para as providencias cabíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário