Páginas

segunda-feira, 28 de março de 2022

Radialista Ely Rodrigues da Rádio T de Campo Mourão foi sepultado com comoção no fim de semana

Morreu por volta das 15h30 desta sexta-feira (25), aos 58 anos, o radialista e comunicador, Ely Rodrigues Daniel. Ele estava na Farmácia São João, centro de Campo Mourão, quando sofreu um infarto fulminante. Equipes do Samu estiveram no local e tentaram reanimá-lo, mas sem sucesso. O sepultamento ocorreu neste sábado 26 de março de 2022. 

Ely estava afastado do rádio desde o dia 11 deste mês, quando passou mal e precisou ser internado. A última participação dele no rádio foi no programa de sexta-feira (11), quando ele começou a passar mal. Sentia fortes dores no peito e vômito. Levado ao hospital Pronto Socorro de Campo Mourão, os médicos diagnosticaram uma veia do coração entupida. Há algum tempo o radialista já enfrentou o mesmo problema. Na ocasião, fez procedimento cirúrgico também. Nascido em Peabiru no dia 15 de janeiro de 1964, Ely começou a sua carreira profissional na Rádio Humaitá. Depois na rádio Rural. Filho de Dirceu Pinto Daniel (falecido em 2006), e de Luiza Rodrigues Daniel, o radialista residia em Campo Mourão desde 1970. Luto oficial Bastante consternado pela morte de Ely, de quem era amigo pessoal, o prefeito da cidade, Tauillo Tezelli, decretou luto oficial no município. “É uma perda irreparável não só para a comunicação como para toda nossa cidade. Quem conhecia o Ely sabe o quanto era querido por todos e estou profundamente triste com a morte dele. Por mais de 20 anos fui entrevistado por ele praticamente toda semana”, disse o prefeito, que no domingo visitou o radialista ainda no hospital. (Tribuna do Interior).

Nenhum comentário:

Postar um comentário