Páginas

quarta-feira, 4 de maio de 2022

Ivaiporã - Mais uma criança relata abuso por meio da caixinha PROERD

imagem ilustrativa

Nesta semana, um estudante do PROERD de 10 anos chegou até a Caixinha do PROERD, de forma anônima e pediu orientação do que fazer caso seja abusada. Este é o segundo caso em pouco mais de uma semana, em 23 de abril outra criança da rede de ensino já havia relatado caso de abuso por parte de um familiar.  

Desta vez, a criança pediu orientação sem se identificar. Visando à proteção da menor foi realizada uma força tarefa entre a professora da turma, a diretora da escola municipal e o policial militar instrutor do PROERD, onde pela comparação da letra foi possível saber quem escreveu o bilhete.

Tendo esta informação de forma discreta foi disponibilizada a criança a ajuda e orientação, sendo que ela de forma voluntária e espontânea passou a relatar que um familiar que reside na mesma casa, em um determinado momento havia lhe mostrado um site de vídeos pornográficos, vindo então tentar passar as mãos em seu corpo. A criança relatou ainda medo da convivência com o em tese abusador, desespero diante da situação chegando até mesmo tentar ato extremo. 

Diante os fatos, foi acionado o apoio da equipe da Patrulha Escolar Comunitária de Ivaiporã para registro da ocorrência e o Conselho Tutelar para acolhimento da criança, que visando a sua proteção a encaminhou para residência de um familiar próximo. O caso foi repassado ao Ministério Público de Ivaiporã e está sobre a investigação da Polícia Civil, detalhes e dados foram preservados a fim de resguardar a criança até que se proceda a apuração dos fatos.

Caixinha do Proerd -A Caixinha do PROERD é uma dinâmica das aulas, onde as crianças podem fazer perguntas ao policial, tirar suas dúvidas, fazer denúncias e pedir ajuda, várias situações chegam até o Educador Social do PROERD, desde pedidos de material escolar, alimentos e solicitação de socorro.

Maio Laranja -Vale ressaltar que estamos no Maio Laranja, sendo o dia 18 o dia nacional do combate ao abuso e à exploração sexual infantil no Brasil, além do enfrentamento um dos objetivos do mês é dar visibilidade a este assunto, pois para combater qualquer problema é necessário conhecê-lo. Não podemos nos calar, nem permitir que calem as nossas crianças, denuncie aos Direitos Humanos no Disque 100, a Policial Militar através do 190, ao Conselho Tutelar de Ivaiporã no telefone do Plantão (43) 98457-1746 ou no Conselho Tutelar do seu Município.

* As informações são do PROERD Vale do Ivaí/PMPR/CPE/BPEC/4ª Cia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário